MEDO DO INCERTO?


Todo mundo já se deparou com uma situação em que tudo pode mudar drasticamente, seja começar o ensino médio ou até mesmo começar a estudar faculdade. No meu caso, me encaixo na segunda opção. 

Por ser virginiana gosto de tudo meio que "ao meu controle", passos dados com muita certeza, o futuro me apavora. Mudança drástica de rotina e casa. Pessoas: para mim, é uma das coisas mais complicadas de lidar, digo, é tudo tá frágil, essa questão de confiança se torna um pouco difícil quando se é ansiosa. Você fica com medo de que se apegar e, quando se acostuma, começa a ter medo de perder. Nada é tão complicado quanto relacionamentos, mas isso não quer dizer que não valem a pena, muito pelo contrário, é uma das melhores coisas da vida.

Essas coisas de modificações sempre assustaram. E agora mais ainda que tenho que decidir meu futuro em tão pouco tempo. Lugar em que pretendo morar, coisas que preciso deixar para trás, coisas que quero levar comigo. Amadurecimento: está aí uma coisa que somos forçados desde cedo a desenvolver, maturidade. Com 18 anos, geralmente, somos forçados a quebrar a cabeça estudando para passar na faculdade em um curso que, geralmente, nem sabemos se queremos de verdade, arrumar um emprego e sair de casa, e tudo isso para quê? Para que sociedade não nos rotule como fracassados. Deveriam entender que cada um têm seu tempo.

As incertezas começam desde cedo, quando fazemos nosso primeiro amigo na pré escola, nos acompanha na nossa primeira paixão, primeiro beijo, primeiras brigas e términos. E isso não quer dizer que ela vai te deixar depois disso, pelo contrário. Sempre irão haver momentos em que você vai se questionar se é isso mesmo que você quer, vai ter aquele friozinho na barriga quando amar novamente ou quando tiver que tomar uma decisão que você sabe que vai mudar tudo, enfim. A questão é que sempre haverão momentos de dúvidas, mas isso não significa que você tenha que desistir só porque te deixa com medo, a vida é feita de escolhas difíceis. O desconhecido é uma linha tênue entre a felicidade e o desespero.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.