QUANDO A VIDA ACONTECE

(foto: Lily Collins)

Com o passar dos anos e danos, a gente aprende a não cair com qualquer empurrão que a vida nos dá, aprende que joelho ralado é uma consequência de que tentamos caminhar, de que tentamos seguir em frente. 

Quando estamos crescendo, percebemos que ao decorrer desse caminho existem pedras, decepções, perdas e por fim, ensinamentos. A gente aprende a passar por cada obstáculo, vamos ficando mais forte, já não choramos por qualquer coisa e depois de um tempo, acabamos percebendo também muitas coisas boas que vem depois disso.

A medida em que vamos percorrendo o nossa 'estrada', acabamos perdendo pessoas nessa coisa que chamamos de Vida. No começo dói, é um choque saber que algumas que foram essenciais vão deixando de ser, que perdemos quem amamos até mesmo para a vida. Algumas pessoas só vêm, nos ensinam algo, deixam suas marcas e vão embora.  Estranho pensar isso, não? Você está ali com a alguém compartilhando risadas e de repente, puf, já não está mais. 

É isso, a vida acontece, tem que acontecer, essas dificuldades que encontramos no nosso dia a dia são para nos deixar mais fortes, e essas lágrimas que insistem em cair às vezes, bom, não se preocupe, para cada lágrima há dez sorrisos para o dia seguinte. Mas olha, a vida não é só de baixos, é também de altos. De crise de risos que fazem a barriga doer, de amor. De cumplicidade. A gente acaba se afastando de pessoas que pensamos que iriam envelhecer ao nosso lado e nos aproximando de outras que agora não imaginamos viver sem. Para cada perda, um aprendizado e para cada dor, um amigo para nos ajudar a levantar e por vezes, tudo bem não estar tudo bem, sério! Ninguém é feliz 24h, assim como nenhuma tristeza é eterna.

Creio eu, que uma das coisas mais importantes na vida são os amigos, posso não ter muitos, mas os que tenho valem por mil. Os amigos, são essas pessoas que quebram todas as barreiras da distância, que te ouvem desabafar, são as pessoas para quem você corre para contar aquela novidade boa ou para quando você precisa de um colo para chorar. São aqueles que por mais errada que você esteja, que por mais que eles tenham lhe avisado e você teimou em fazer de outro jeito, vão enxugar suas lágrimas e lhe arrancar um sorriso ou dois quando você pensar que tudo está perdido. São aqueles que por mais tempo que vocês estejam sem se falar, quando se encontrarem na rua a sintonia vai ser a mesma, são os donos daquele abraço bom que chamamos de casa. São aqueles que te acompanham na maratona de séries em plena sexta feira com uma vasilha enorme de pipoca, que simplesmente estão com você falando besteiras e morrendo de rir. De mil amores, os amigos, pois são eles a cura para um coração partido. 

Bom, o que eu quero dizer com tudo isso é que você não desista na primeira queda, curta a vida ao máximo, ponha aquelas metas em prática e aproveite a companhia das pessoas que ama o máximo que puder, pois a vida não para pra ninguém e quando vamos ver, já se passaram dias, meses, até anos e com o passar deles você pode e vai mudar, só te peço uma coisa, que não perca a sua essência, como já dizia Jessie J: não perca quem você é no borrão das estrelas.

Esses dias alguém me parou, disse que eu estava diferente, um diferente bom e me perguntou o que aconteceu, sorri e então respondi: A vida, a vida aconteceu.

2 comentários:

Tecnologia do Blogger.